Detalhes

Adicionado por a 2013-05-09

Infelizmente é péssimo ter de constatar de nem todos os professores fazem o seu trabalho e muitos se limitam a despejar “pacotes” pré-feitos de matéria para ensinar.

Este é um daqueles casos raros em que o aluno se revoltou e teve “tomates” para por a professora no seu devido lugar numa critica construtiva.

 

 
Para quem não sabe inglês ele disse mais ou menos isto:

Você podia pelo menos levantar-se e ensiná-los, estes miúdos aqui não aprendem assim. Você precisa de ensiná-los cara-a-cara! e você está furiosa porque eu apenas estou dizendo o óbvio…

PROFESSORA – Estás a gastar o meu tempo…

Não estou a gastar o seu tempo! Estou a dizer o que você precisa fazer!

PROFESSORA – Saia.

Você quer que os alunos venham para a sua aula, quer que eles se animem para isso? Então você tem que entrar aqui e deixá-los animados! Se você quer que os estudantes mudem, e aprendam melhor, tem que lhes tocar no coração! Como é que você espera que eles mudem se tudo que você faz é ditar? Você tem que levar este trabalho a sério! Isto é o futuro da nossa nação. Pense nisto quando vier aqui como da última vez, dar um sermão sobre como “isto aqui é o seu trabalho”, que de facto é, mas também é o futuro do meu país e a minha educação!

PROFESSORA VOLTA A MANDAR ELE SAIR.

Existe um limite, quando eu não estou A GOZAR, mas simplesmente estou a fazer uma observação. AGORA eu vou sair! De nada! E se  quiser eu posso falar mais, quem sabe se assim aprende a ensinar de verdade nesta maldita turma! Porque desde que eu entrei aqui, não fiz mais do que ler livros! Então não tente levar os louros por me ensinar!

Deixa o teu comentário