Adicionado por a 2013-05-23

 

Ser pai é um projeto de vida, um sonho, mas pode tornar-se numa obsessão. Em Maastricht, na Holanda, vive Ed Houben, um guia turístico de 43 anos pai de 85 filhos. Ed é dador de esperma desde 1999 e tem uma meta: gerar 1500 filhos.

Ed Houben é o maior dador de esperma da Europa. No entanto, não é um dador comum. Cria laços com os seus filhos. E mais do que ajudar mulheres casadas, mães solteiras, ou casais homossexuais a cumprir um sonho, definiu como objetivo de vida gerar crianças com quem estabelece uma proximidade que está muito para além do tradicional dador de esperma.

“Tanto quanto sei, tenho 85 filhos e engravidei mais oito mulheres. Comecei a doar em 1999 e fi-lo com o objetivo de ajudar as pessoas. Os meus filhos dão-me esperança”, conta Ed Houben.

Este holandês fazia parte do banco de dadores holandeses, onde está estabelecido um limite de 25 filhos gerados por cada dador. Mas Houben superou essa meta em apenas três anos. E não vai ficar-se por aqui. “Pensei em parar nos 1500 filhos”, diz.

As mulheres que o procuram têm acesso a uma base de dados dos filhos de Ed, para que tenham informação sobre identidades e informações importantes. O objetivo é evitar incestos acidentais.

A fertilidade transformou-se num negócio de valores muito altos e, nesse sentido, surgiram os dadores particulares, coom Ed, cuja informação genética é desconhecida. Por outro lado, suspeita-se de que alguns destes dadores pretendam apenas um meio de ter relações com muitas mulheres.

Ed engravida as mulheres a partir de casa, com diferentes opções, entre as quais uma relação convencional, ou por inseminação natural (a mulher injeta o esperma). Já teve dezenas de encontros com mulheres que desejam ser mães. É criticado por uns e adorado por mães que cumpriram um sonho.

 
ed_houben
fonte: ptjornal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*