Adicionado por a 2013-04-19

Um grupo de prostitutas belgas evitou um assalto ao bordel onde trabalham, atacando o ladrão com vibradores. O indivíduo acabou por conseguir fugir, levando apenas 30 euros.

Prostitutas impedem assalto a bordel com vibradores

O ladrão teria como objetivo roubar o dinheiro que havia em caixa num bordel situado na avenida de Maire, nos arredores da cidade de Tournai, na Bélgica.

A primeira reação das prostitutas foi esconderem-se na parte traseira do edifício, mas antes que o ladrão conseguisse fugir com o dinheiro, as mulheres agarraram tudo o que tinham ao seu alcance para impedir a fuga do ladrão.

Segundo a imprensa belga, as mulheres terão usado dildos e vibradores para atacar e golpear o indivíduo que só terá conseguido fugir com uma quantia diminuta no valor de 30 euros.

O bordel é propriedade de Dominique Alderweireld, um proxeneta francês com negócios na Bélgica, suspeito de fornecer prostitutas ao ex-diretor geral do FMI, Dominique Strauss-Kahn.

O indivíduo é, ainda, acusado de ter enviado uma prostituta diretamente para o escritório de Strauss-Kahn em Washington e de organizar orgias para o ex-director geral do FMI em várias cidades.

ng2501162

fonte: jornal de noticias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*